Pronampe: mais de 320 mil empresas foram beneficiadas este ano em programa de crédito na pandemia

·1 minuto de leitura

Mais de 320 mil empresas foram beneficiadas pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), em 2021, com contratações de crédito no valor total de R$ 25 bilhões.

O resultado surpreendeu o Ministério da Economia, segundo o qual a expectativa inicial que era atender 250 mil empresas, representando uma eficiência de 327% maior na utilização dos recursos do Fundo Garantidor de Operações (FGO), se comparado com o ano passado. O número pode ser ainda maior, já que os bancos podem continuar contratando se assumirem uma parcela maior do risco de crédito.

Leia ainda:

O programa, criado pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec – ME) em 2020, se tornou permanente neste ano e é destinado ao desenvolvimento e fortalecimento dos pequenos negócios no enfrentamento da crise causada pela pandemia da Covid-19. Os recursos podem ser usados para investimentos e capital de giro; compra de máquinas e equipamentos, matérias-primas e mercadorias; despesas operacionais, como pagamento de salários, entre outros.

No ano passado, o Pronampe atendeu 468 mil empresas, oferecendo garantia de até 85% das perdas de crédito nas carteiras de financiamento dos micro e pequenos empresários. Essa cobertura permitiu que cada um real aportado pela União fosse convertido em R$ 1,17 de créditos. Ao fim de 2020, o saldo total de contratações foi de mais de R$ 37 bilhões em créditos.

Fique ligado:

As perspectivas positivas de retomada de crescimento permitiram um Pronampe mais eficiente em 2021. Nesse novo ciclo, a cobertura de risco das carteiras do programa caiu de 85% para 20% e, com isso, a conversão dos recursos do fundo em créditos subiu para cinco vezes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos