Proprietária de casa onde o Facebook foi criado poderia ser bilionária hoje

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Facebook, agora conhecida como Meta, foi criada em uma  despretensiosa casa azul com uma porta pintada de amarelo, localizada no Vale do Silício. Foto: Live Play Real Estate.
Facebook, agora conhecida como Meta, foi criada em uma despretensiosa casa azul com uma porta pintada de amarelo, localizada no Vale do Silício. Foto: Live Play Real Estate.
  • A rede social Facebook foi criada em uma despretensiosa casa localizada no Vale do Silício;

  • A proprietária do lugar afirmou que Mark Zuckerberg e seus sócios ofereceram ações da empresa para pagar o aluguel;

  • A gigante da tecnologia hoje é avaliada em quase R$ 3 trilhões

A rede social Facebook, agora conhecida como Meta, foi criada em uma despretensiosa casa azul com uma porta pintada de amarelo, localizada no Vale do Silício. A proprietária, Judy Fusco, de 37 anos, afirmou em entrevista ao The Post, que Mark Zuckerberg e seus sócios ofereceram-lhe ações da então embrionária companhia para pagar pelo aluguel. A gigante da tecnologia hoje é avaliada em quase R$ 3 trilhões.

Contando com seis quartos e 4 banheiros, a propriedade de Los Altos foi construída em 1998. Em 2004, Mark Zuckerberg e Dustin Moskovitz, de 19 anos, junto com Sean Parker, de 24 anos, cofundador do que hoje é uma empresa global trilionária, alugaram o lugar e o batizaram de “Casa do Facebook”.

Judy, que no momento era recém formada, conta como Zuckerberg e seus sócios pararam para ver a casa.

“Mark ficou do lado de fora e nunca entrou na casa, enquanto Sean e Dustin subiram as escadas da frente para ver a casa”, lembrou Fusco . “Mark ficou lá e perguntou se eles poderiam alugar o lugar, sem nem olhar para dentro.”

“Eu li o cheque e perguntei o que ele fez, e ele me contou sobre uma empresa chamada Facebook, e como ele planejava conectar o mundo”, disse Fusco, acrescentando que Zuckerberg estava vestindo shorts de jersey preto, sandálias e seu moletom com capuz. “Eu disse: 'Eu não me importo se você vai conectar o mundo, se essa verificação não passar, você não vai se mudar” acrescentou a proprietária.

Solicitando o aluguel do primeiro mês e um depósito no total de R$ 51 mil, duas semanas depois, em 14 de setembro de 2004, eles se mudaram, junto com alguns convidados imprevistos.

“Havia apenas seis quartos, e só a marquise tinha cerca de 10 estagiários hospedados lá amontoados em beliches”, disse Fusco. “A casa explodiu com engenheiros e funcionários do Facebook”

Os funcionários fundadores alugaram a casa por um ano, antes de precisarem de um espaço muito maior para abrigar a empresa em crescimento. Parker seria o primeiro a sair de casa – em janeiro – depois de desenvolver uma alergia à flor de jasmim que desabrochava à noite.

“Sean [Parker] vinha a mim repetidamente, pedindo-me para investir, dizendo que eu seria uma bilionária um dia se o fizesse”, admitiu Fusco. “Eles propuseram me dar ações em vez do aluguel – um dólar por ação. Eu disse não. E olhando para trás, sempre penso no monge que veio à minha casa. Eu não tinha ideia de que seria a marca do Facebook. Eu tinha uma filha para colocar na escola, tinha medo de arriscar na época. Mas Sean estava certo”

“Acho que não era para ser bilionária… esse não foi o meu destino.” finalizou Fusco

A propriedade hoje está a venda por mais de R$ 27 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos