Protesto no Rio de Janeiro pede justiça para Genivaldo dos Santos

Justiça para Genivaldo dos Santos. É o pedido dos manifestantes que se reuniram no centro do Rio de Janeiro, no Brasil, no sábado, para o homem morto em Sergipe no dia 25.Genivaldo dos Santos, de 38 anos, morreu depois de uma abordagem da polícia rodoviária. Imagens divulgadas através da internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura repleta de fumo. O agentes envolvidos na operação admitiram que usaram gás pimenta e gás lacrimogéneo dentro de viatura.

O protesto foi organizado pelo movimento negro e ativistas dos direitos humanos, em frente ao Monumento a Zumbi dos Palmares e contou com a presença de ativistas, políticos e líderes de movimentos sociais e das favelas. Os manifestantes denunciam a violência policial contra a população negra. Os agentes envolvidos na morte de Genivaldo dos Santos foram afastados das funções pela Polícia Rodoviária Federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos