Protesto contra reforma da Previdência acaba em briga na frente do Congresso

Brasília, 18 abr (EFE).- Sindicatos da segurança pública e associações protestaram nesta terça-feira contra a reforça da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer e provocaram incidentes reprimidos pela Polícia Legislativa.

O protesto transcorreu de forma pacífica até que um grupo tentou entrar à força na sede do Parlamento. Policiais legislativos tentaram impedir e os incidentes começaram. Algumas portas de vidro foram quebradas e a ação foi reprimida com gás lacrimogêneo e gás de pimenta em pleno salão de entrada do Congresso.

Os sindicatos que promoveram o protesto calcularam em 3 mil o número de manifestantes, mas somente pequenos grupos tentaram entrar à força no local. EFE