Protestos contra a violência armada levam milhares às ruas dos Estados Unidos

Rhonda McMahon, de Austin, Texas, à esquerda, aplaude oradores durante um comício
Rhonda McMahon, de Austin, Texas, à esquerda, aplaude oradores durante um comício "March for Our Lives", um de uma série de protestos nacionais contra a violência armada, em Austin, Texas, EUA, 11 de junho de 2022. (Foto:REUTERS/Nuri Vallbona)

Milhares de americanos foram as ruas dos Estados Unidos neste sábado (11) em protesto contra a cultura de armas do país. Há manifestação em diversas cidades do país, após os recentes tiroteios em massa do país.

Esta é a segunda edição dos atos, organizados pelo “March for Our Lives" (Marcha por Nossas Vidas, na tradução do inglês). De acordo com o G1, a primeira ocorreu em 2018 e foi determinada pelo tiroteio que tirou 17 vidas em uma escola na Flórida. Desta vez, a passeata foi motivada pelo tiroteio que tirou a vida de 19 crianças e dois adultos em uma em uma escola de ensino fundamental no Texas.

Em Washington, o protesto se concentrou no National Mall, um importante parque da capital estadunidense. Somente neste local, os manifestantes esperavam reunir até 50 mil pessoas, de acordo com a agência Associated Press.

Em Nova York a passeata ocorreu na ponte do Brooklyn. O prefeito da cidade, Eric Adams, esteve presente junto com a procuradora-geral do estado Letitia James, que está processando a National Rifle Association, associação que faz lobby pró-armas no país.

Um dos sobreviventes do massacre de 2018, David Hogg, declarou que se o governo não for capaz de impedir o assassinato de crianças em suas escolas, “é hora de mudar o governo”.

Já o presidente Joe Biden declarou em uma rede social que é preciso que o congresso americano faça algo para limitar o acesso às armas no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos