Protestos no Cazaquistão derrubam o governo

Novo dia de protestos contra o aumento do preço do gás liquefeito de petróleo em Almaty, maior cidade do Cazaquista. Em meio à crise, o presidente, Kassym-Jomart Tokayev, aceitou a renuncia do gabinete do primeiro-ministro Askar Mamin.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos