Província mais populosa do Canadá anuncia novo confinamento no sábado

·1 minuto de leitura
A província mais populosa do Canadá, Ontário, vai impor um novo confinamento para seus 14 milhões de residentes

A província mais populosa do Canadá, Ontário, vai impor um novo confinamento a partir de sábado para seus 14 milhões de residentes, anunciou seu primeiro-ministro, Doug Ford, nesta segunda-feira, à medida que os casos de covid-19 aumentam no país.

"Se não agirmos agora, as consequências podem ser catastróficas", disse Ford em coletiva de imprensa, observando que, em Ontário, as infecções "continuam a acelerar a um ritmo alarmante".

O confinamento durará 28 dias no sul da província e 14 dias no menos populoso norte. Toronto, a capital de Ontário e a maior cidade do país, está confinada há quase um mês.

O Canadá - com cerca de 38 milhões de habitantes - registrou mais de meio milhão de casos de coronavírus e quase 14.300 mortes desde o início da pandemia. Ontário, a segunda província mais afetada do país, depois de Quebec, sozinha tem mais de 158.000 casos e cerca de 4.200 mortes.

As novas restrições proíbem, entre outras coisas, reuniões privadas dentro de casa fora do círculo familiar. Restaurantes e negócios não essenciais estarão abertos apenas para entrega.

Com o anúncio, cerca de dois terços dos canadenses estarão em confinamento total ou parcial.

O Canadá começou a vacinar pessoas de alto risco - incluindo profissionais de saúde e residentes de casas de repouso - em 14 de dezembro, com um fornecimento relativamente limitado da vacina Pfizer/BioNTech.

jl/et/st/ec/yo/am