Provedor de internet Vero busca alternativas estratégicas após cancelar IPO

Por Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) - A provedora de internet Vero, controlado pela empresa de investimentos Vinci Partners, confirmou que contratou o Itaú BBA para considerar alternativas estratégicas, segundo comunicado ao mercado na noite de quarta-feira.

A companhia acrescentou que está conversando com "com diversos investidores a respeito de transações estratégicas em diferentes formatos", após reportagem do jornal O Estado de São Paulo dizendo que a Vinci estava discutindo uma potencial venda de sua participação na empresa para a Fibrasil, de propriedade da espanhola Telefónica, sua subsidiária Telefônica Brasil e do fundo de pensão canadense CDPQ.

A Vero ressaltou que, "até o momento, não há uma decisão sobre a realização de eventual transação envolvendo a companhia".

A Vero cancelou uma oferta inicial de ações (IPO) em janeiro.

A reportagem do Estado de São Paulo dizia que a Vero seria avaliada em cerca de 4 bilhões de reais.

(Por Tatiana Bautzer)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos