PSDB cometeu sucessivos erros e resposta veio nas urnas, diz presidente da Assembleia de SP

ARTUR RODRIGUES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da Assembleia de São Paulo, deputado Cauê Macris, do PSDB, culpa uma "sucessivos erros" pelo encolhimento da bancada tucana na Casa.

"Acho que foram sucessivos erros que o partido cometeu ao longo do tempo."Me diferenciei de muitos do partido quando daquele momento o senador Aécio Neves, presidente do partido, foi flagrado com aquela gravação com o pessoal da JBS. Pedi a saída imediada, a expulsão do partido, nada foi feito", disse à reportagem.

Para ele, começou ali a trajetória que levaria o partido encolher em todo o Brasil. Maior bancada na Assembleia, o PSDB caiu de 19 deputados estaduais para 8. "Começa ali o problema e tantos outros erros, como a entrada no governo [Michel] Temer, que foram afetando o relacionamento do partido. A resposta veio nas urnas", disse.

Com apenas 35 anos e membro de uma nova geração do tucanato ligada a João Doria, ele diz que o partido precisa de uma refundação dos conteúdos programáticos, "com postura mais firme".