PSDB debate como lidar com Doria na convenção de Rodrigo Garcia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PSDB de São Paulo debate o tratamento que será dado ao ex-governador João Doria na convenção estadual do partido, marcada para o dia 30 de julho, no ginásio do Ibirapuera. O evento oficializará a candidatura à reeleição do governador Rodrigo Garcia.

Dirigentes do partido na capital defendem que Doria tenha papel de destaque no evento, inclusive com direito a fala. "O ex-governador ganhou muito reconhecimento da população ao abrir mão de disputar a Presidência em nome de um projeto amplo", diz Fernando Alfredo, presidente do PSDB paulistano.

O cálculo também é estratégico: o ex-governador é uma carta na manga para a disputa da Prefeitura de São Paulo em 2024.

Outra parte da legenda, no entanto, avalia que o desgaste de Doria ainda é grande e pode respingar no atual governador. Adversários de Garcia já vêm usando a vinculação entre ambos como trunfo. Uma alternativa é convidá-lo para a convenção, mas sem direito a fala. Procurado, o ex-governador não quis comentar o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos