PSDB diz que prévias serão concluídas até domingo

·2 min de leitura
Pré-candidatos do PSDB à Presidencia Eduardo Leite e João Doria

BRASÍLIA (Reuters) -O PSDB irá escolher seu pré-candidato à Presidência da República até o próximo domingo, informou o partido em nota nesta segunda-feira, e uma empresa alternativa pode ser contratada para concluir o processo interno de prévias caso não seja apresentada uma solução tecnológica para o aplicativo contratado inicialmente para a votação dos membros da sigla.

As prévias da legenda foram suspensas no domingo após falha na tecnologia desenvolvida exclusivamente para a consulta interna.

"A votação para escolha do candidato do PSDB à Presidência da República será concluída até o próximo domingo, dia 28. A decisão foi tomada em conjunto pela direção do partido e pelos três pré-candidatos", disse o PSDB.

"O partido ainda aguarda manifestação da empresa contratada, a Faurgs. Se, até esta terça-feira, ela não oferecer garantias concretas de viabilidade e robustez da solução contratada, o PSDB adotará tecnologia privada para concluir o processo de prévias. Em qualquer alternativa, a integridade do processo eleitoral será rigorosamente observada", acrescenta a nota.

Segundo o presidente do partido, Bruno Araújo, ficou definido o prazo de 12h de terça-feira como limite para uma solução tecnológica ao atual aplicativo, do contrário, serão buscadas alternativas.

"A emergência faz com que a gente precise concluir o processo de prévias", disse Araújo a jornalistas, acrescentando que o "pior dos mundos" seria não concluir o processo.

Araújo conclamou os integrantes da sigla que concorrem nas prévias --os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio-- a deixarem a disputa de lado e se unirem em busca de uma solução em respeito aos filiados que ainda não votaram.

A despeito das declarações de Araújo, Leite considerou a nota do partido "equivocada" e disse que não há acordo sobre a conclusão das prévias, citando incertezas a respeito de um possível novo aplicativo a ser adotado para as prévias. Segundo ele, a disputa está perdendo a "legitimidade".

Doria declarou apoio, em nota, às soluções anunciadas pelo presidente do PSDB. "É preciso concluir o processo eleitoral de consulta interna. Qualquer alternativa que não seja a rápida conclusão da votação é um desrespeito à vontade da maioria partidária."

O impasse gerado pelos problemas técnicos sobre a retomada das prévias escancara a divisão interna na legenda, especialmente entre Doria e Leite.

(Reportagem de Maria Carolina MarcelloReportagem adicional de Eduardo Simões, em São PauloEdição de Pedro Fonseca)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos