PSDB lidera ranking de candidatos ficha-suja

Dos 317 candidatos a prefeito nas eleições deste ano barrados nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de todo o país pela Lei da Ficha Limpa, a maioria é do PSDB. Conforme levantamento feito pela Folha de S.Paulo e publicado neste fim de semana, 56 tucanos tiveram seus registros como candidatos impugnados pela Justiça. O PMDB aparece em segundo, com 49 barrados e o PP em terceiro, com 30. O PT é apenas o oitavo colocado de uma lista de 15 partidos com pleiteantes ficha-suja.

O número de impugnados pode aumentar, uma vez que em dezesseis tribunais ainda há casos a serem julgados. Todos os candidatos barrados pelos tribunais regionais podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A presidente do tribunal, Cármen Lúcia, disse à Folha que não será possível julgar todos os casos antes das eleições, mas sim até o final do ano, antes da diplomação dos eleitos. Se um ficha-suja tiver mais votos, mas seu recurso for rejeitado, assume o segundo colocado na eleição.

Um caso curioso é o de Carlos Roberto Campos (PSDB), concorrente à prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, que já foi condenado a três anos e quatro meses de prisão por apropriação indébita do dinheiro descontado dos salários de seus empregados. O tucano é réu em 69 processos ainda não julgados (de um total de 74), dos quais 37 também por apropriação indébita de recursos recolhidos do pagamento dos trabalhadores de sua empresa e não repassados ao INSS. O candidato escapou de receber o carimbo de ficha-suja da Justiça Eleitoral porque recorreu da condenação ao Tribunal Regional Federal.
 
Abaixo, o ranking dos ficha-suja:

1º) PSDB 56 impugnados
2º) PMDB 49
3º) PP 30
4º) PR 25
5º) PSB 23
6º) PTB 22
7º) PSD 20
8º) PT 18
9º) DEM 16
10º) PDT 13
11º) PPS 9
12º) PV 8
13º) PRTB 5
14º) PCdoB 4
15º) PMN 3

Carregando...
Buscar

Siga o Yahoo Notícias