PSG avisa a Neymar que não conta com ele

Neymar não deve seguir no PSG após a janela de transferências do verão europeu. Foto: John Berry/Getty Images
Neymar não deve seguir no PSG após a janela de transferências do verão europeu. Foto: John Berry/Getty Images

Uma bomba agitou o mercado europeu nesta terça-feira. A imprensa do “Velho Continente” informa que o Paris Saint-Germain teria informado que não conta com Neymar para a próxima temporada.

A rádio francesa RMC detalha que a equipe parisiense já teria passado sua posição para o jogador da Seleção Brasileira citando fontes próximas ao presidente Nasser Al-Khelaïfi.

Leia também:

Assim, Ney não tem lugar no novo PSG. O clube francês quer realizar uma reforma profunda que culminaria com a saída do brasileiro da equipe.

O time parisiense estaria farto de Neymar. Segundo as fontes citadas, Mbappé, que renovou e teve carta branca por parte dos dirigentes para ser o líder dessa reformulação, teria destacado a sistemática indisciplina nos treinos e na recuperação pós-jogo do brasileiro.

“Neymar não gosta de treinar. Ele joga com três ou quatro quilos extras há anos, mas na competição ele foi o atacante mais honesto da equipe, aquele que mais correu para se oferecer e defender", disseram fontes próximas à diretoria ao jornal espanhol El País.

Já faz algum tempo que o PSG está decepcionado com Neymar. Desde sua renovação multimilionária em maio de 2021 (até 2025), o desempenho do futebolista está longe de ser o desejado e há meses parece que a paciência do emir do Catar, dono do clube, chegou ao fim. A equipe parisiense busca se livrar do atacante brasileiro, mas seus altos salários dificultam a saída.

O jornal El País detalha que houve uma reunião entre o clube e o pai de Neymar e nela foi garantido o pagamento de tudo o que é devido. 'O pai' era colaborativo desde que seja cobrado o estipulado no seu contrato, renovado automaticamente até 2027, um valor que rondaria os 200 milhões de euros (cerca de 1 bilhão de reais).

Luis Campos, o novo homem forte do futebol do PSG, será o encarregado de realizar esta operação.

Ao mesmo tempo, o futebolista se sente subestimado, mas espera poder ingressar em outro clube de nível para se justificar e mostrar ao PSG que está errado, além de chegar com moral para a Copa do Mundo do Catar, no fim do ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos