PSG decide não organizar homenagem a Messi pelo título da Copa, diz jornal

Desde que Messi retornou da sua folga pós Copa do Mundo do Catar, a grande dúvida era se o Paris Saint-Germain, clube do craque, iria organizar uma cerimônia em homenagem ao seu título mundial com a Argentina, contra a França. E, de acordo com o jornal Le Parisien, o PSG decidiu não comemorar oficialmente a conquista de seu camisa 30.

O clube francês considera que a recepção que lhe foi concedida na sua volta ao Centro de Treinamento Camp des Loges na semana passada, foi o suficiente. Messi foi recebido com muita festa pelos companheiros e funcionários da equipe francesa e recebeu um troféu em homenagem à conquista do título mundial pelas mãos de Luis Campos.

Além disso, o PSG também destaca que já se passaram três semanas e meia da final entre Argentina e França, realizada no estádio Lusail, o que fez com que a celebração "esfriasse". O clube francês recebe o Angers, no Parque dos Príncipes, na quarta-feira, jogo que marca a volta de Lionel Messi.

Existe também um leve receio de que os torcedores franceses não estejam receptíveis para comemorar o título de Messi, que foi conquistado em cima da França. Há um temor de alguns vaiarem o jogador, principalmente após as comemorações dos argentinos e as provocações do goleiro Emiliano Martinez contra Kylian Mbappé .

No entanto, os torcedores que quiserem celebrar com Lionel poderão aproveitar o momento da apresentação das equipes pelo locutor do estádio, algo que acontece em todos os jogos. Além disso, se o argentino marcar um gol na sua primeira partida em 2023 também é uma oportunidade de comemorar junto dos parisienses.