PSG pede adiamento de jogo contra o Lyon após agressão à jogadora Hamraoui

·1 min de leitura
As meio-campistas francesas Kheira Hamraoui (à esq.) e Aminata Diallo (à dir.), fotografadas separadamente, a primeira em Paris em 20 de setembro de 2016, a segunda em Columbus (Estados Unidos), em 1º de março de 2018 (AFP/Franck FIFE, Paul VERNON)

O Paris Saint-Germain, abalado com o caso Kheira Hamraoui, pediu nesta sexta-feira à Federação Francesa de Futebol, organizadora da primeira divisão feminina, que adie o jogo marcado para domingo em Lyon, informou uma fonte interna do clube.

"Aguardamos a resposta da Federação", disse esta fonte à AFP, confirmando informações do RMC Sport e do jornal Le Parisien.

A partida entre Lyon e PSG, atual campeão francês, coloca frente a frente duas equipes invictas nesta temporada no campeonato francês.

O vestiário parisiense está chocado com a investigação aberta após o ataque sofrido na semana passada por Hamraoui, uma meio-campista da seleção francesa de 31 anos que foi atacada por dois indivíduos encapuzados.

Testemunha da cena, sua parceira de time, Aminata Diallo, foi detida preventivamente e interrogada na quarta-feira antes de ser liberada sem acusações na tarde de quinta-feira.

O Lyon, por sua vez, disse à AFP que não havia recebido um "pedido oficial de adiamento".

eba-jta-ama/gf/iga/mcd/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos