Psicóloga é demitida após ameaçar funcionários que apoiam o PT

Psicóloga ameaçou funcionários que apoiassem o PT (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Psicóloga ameaçou funcionários que apoiassem o PT (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Uma psicóloga, funcionária do setor de Recursos Humanos da empresa Ferreira Costa, em Pernambuco, foi demitida após ameaçar funcionários que apoiam o PT. Ela fez uma publicação nas redes sociais.

“Não quero ninguém me pedindo emprego... Vão pedir ao Lula! Se tiver demissão em massa, vou fazer de tudo para começar pelos petistas! Me aguardem”, escreveu a psicóloga Karina Lopes.

Segundo o portal g1, Karina é psicóloga e ocupava o posto de coordenadora de desenvolvimento humano. Ela fez a publicação depois de Lula (PT) sair com vantagem no primeiro turno, quando teve 48,43% dos votos.

A publicação viralizou nas redes sociais e a empresa passou a ser cobrada para tomar alguma atitude. O Ministério Público do Trabalho em Pernambuco recebeu uma denúncia de “assédio eleitoral” em uma empresa varejista e será apurada. Já a empresa Ferreira Costa desligou a funcionária e afirmou que não compactua “com atitudes ofensivas ou discriminatórias”.

Segundo o g1, a psicóloga foi procurada, mas não se manifestou. Karina Lopes é do Rio de Janeiro e costumava manifestar apoio a Jair Bolsonaro (PL) nas redes. Após o caso viralizar, ela apagou os perfis.