PSL quer Joice Hasselmann para a presidência em 2022 no lugar de Bolsonaro

Foto: REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

Ainda em racha com o presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e seus aliados mais próximos, a ala opositora do PSL, alinhada ao presidente do partido Luciano Bivar, quer lançar Joice Hasselmann à presidência da República em 2022.

Segundo parlamentares do PSL ouvidos pela coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo, a ideia é convencer a deputada a concorrer em vez de lançar Bolsonaro na disputa por uma reeleição.

Leia também

“O presidente prometeu na campanha que não disputará a reeleição. A Joice, portanto, é o nome ideal”, disse ao jornal o deputado Junior Bozzella (PSL-SP), aliado de Bivar na briga interna contra a família Bolsonaro.

“Joice representa a ala equilibrada e inteligente do PSL, contra os xiitas e radicais. É a direita do bem, que é liberal na economia mas não ataca as mulheres e os diferentes.”

Bozzella diz que já conversou com Joice sobre o assunto, mas o projeto dela, no momento, é disputar a prefeitura de São Paulo em 2020. “Mas estamos conversando para convencê-la”, declarou o deputado.

Joice é uma das deputadas que se voltou contra os bolsonaristas na disputa interna do partido, após críticas ao filho do presidente e também deputado, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e acabar sendo destituída do cargo de líder do governo no Congresso.

Durante a campanha à presidência e logo após ser eleito, em 2018, Bolsonaro de fato declarou que não pretendia disputar uma reeleição, mas já considerou mudar de ideia diversas vezes ao longo do primeiro ano de mandato.

Em agosto, durante um congresso de empresários realizado em São Paulo, o presidente prometeu "entregar o Brasil muito melhor" do que encontrou "em 2022 ou 2026", em uma clara referência a um desejo de segundo mandato.

Já Joice Hasselmann já é pré-candidata à prefeitura de São Paulo em 2020. Em viagem a China, Bolsonaro voltou a comentar a crise no PSL dizendo: "Eu posso ser um presidente sem partido. Tanto faz eu estar com partido ou sem partido", afirmou neste sábado (27) pela manhã - sexta (26) à noite no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos