PSOL decidirá sobre participar de governo Lula em 17 de dezembro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PSOL marcou para 17 de dezembro a reunião de seu diretório nacional para decidir se participa do governo Lula (PT).

O cronograma pode dificultar a aceitação de eventuais convites que surjam antes dessa data para o ministério. A deputada federal eleita Sônia Guajajara (SP) é a mais cotada para a pasta dos Povos Indígenas, por exemplo.

Apoiam a adesão do PSOL ao governo o presidente do partido, Juliano Medeiros, os deputados federais Guilherme Boulos (SP) e Ivan Valente (SP) e o prefeito de Belém (PA), Edmilson Rodrigues, entre outros.

Uma preocupação desta ala é que o anúncio de nomes liberais e de centro-direita por Lula para sua equipe fortaleça a ala psolista que defende ficar fora da gestão. Os opositores incluem lideranças como os deputados federais Sâmia Bomfim (SP), Glauber Braga (RJ) e Fernanda Melchionna (RS).