PSOL oficializa apoio à pré-candidatura de Lula à presidência em conferência

Former Brazil's Education Minister Fernando Haddad, former President Luiz Inacio Lula da Silva and housing movement leader Guilherme Boulos pose during an event at a condominium of the Roofless Workers Movement (MTST), where more than 900 families live, in Santo Andre, near Sao Paulo, Brazil March 25, 2022. REUTERS/Carla Carniel
PSOL formalizou oficialmente neste sábado apoio ao ex-presidente Lula para as eleições deste ano. Foto: REUTERS/Carla Carniel.

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou por meio de uma conferência, neste sábado (30), apoio à pré-candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para presidente e classificou como “união das esquerdas para derrotar Bolsonaro”. As informações são do portal UOL.

“Agora é oficial: O PSOL define apoio à pré-candidatura de Lula. Vamos juntos derrotar Bolsonaro!”, escreveu Juliano Medeiros, presidente do partido em suas redes sociais. Por 35 votos 25, o partido decidiu pelo apoio apresentando, em contrapartida, propostas para o programa de governo do petista.

Em nota para o UOL, ele afirmou que o partido deve se reunir com a Rede Sustentabilidade para a união de uma federação partidária e que as siglas apoiem formalmente o ex-presidente.

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT), de Ciro Gomes, disputam o apoio da Rede para as eleições presidenciais.

O senador Randolfe Rodrigues já manifestou publicamente seu apoio a Lula, mas nomes como da ex-ministra Marina Silva e a ex-senadora Heloísa Helena, rompidas com o PT, estiveram em um cerimônia organizada pelo senador em Brasília nesta quinta-feira (28), que contou com a presença do candidato.

Primeira vez

Desde que o partido foi criado em 2005, essa é a primeira vez que o PSOL apoia desde o primeiro turno o Partido dos Trabalhadores (PT), e não decide lançar candidato próprio para concorrer à presidência. O partido já lançou Heloísa Helena em 2006, Plínio Arruda Sampaio em 2010, Luciana Genro em 2014 e Guilherme Boulos em 2018.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos