PT aciona STF para que governo Bolsonaro dê informações sobre vacinação de crianças contra a Covid

·1 min de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  14-12-2021, 12h00: O presidente Jair Bolsonaro participa de evento de lançamento programa Rodovida 2022, da Polícia Rodoviária Federal, no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 14-12-2021, 12h00: O presidente Jair Bolsonaro participa de evento de lançamento programa Rodovida 2022, da Polícia Rodoviária Federal, no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PT acionou o Supremo Tribunal Federal para que o governo Jair Bolsonaro (PL) seja obrigado a fornecer informações a respeito da vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19.

Por meio de pedido de tutela provisória de urgência, o PT solicita que o STF determine que o governo federal apresente a metodologia e a base científica adotadas para elaboração da consulta pública sobre o tema.

Os advogados do partido também pedem informações a respeito da compra de imunizantes da Pfizer destinados a crianças, como a data exata de chegada e a quantidade adquirida.

A ideia da consulta foi do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atendendo ao desejo de Bolsonaro de postergar e dificultar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos.

No pedido, o PT também pede o detalhamento do plano de distribuição das vacinas entre os estado e a data exata de início da vacinação das crianças.

Por fim, também questiona a respeito das providências administrativas para a incorporação de outros imunizantes que venham a obter registro na Anvisa para crianças e em relação à campanha de comunicação e conscientização da população sobre a vacinação do público infantil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos