PT culpa Moro por problemas na Petrobras e quer atrelar ex-juiz a alta no combustível

·1 min de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O PT vai tentar inverter a história da Lava Jato e colocar no ex-juiz Sergio Moro a culpa pelos problemas da Petrobras.

Gleisi Hoffmann, presidente do partido, chama a tática de debate no campo econômico e diz que as mudanças na política de preços da empresa que resultaram no aumento do gás de cozinha e dos combustíveis são culpa do ex-juiz.

"Ele fragilizou a Petrobras e mudaram com essa ação dele a política de preço e desestruturam o marco regulatório do pré-sal", disse a petista à coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos