PT quer Bolsonaro inelegível após atos terroristas no DF

Partido considera o ex-presidente diretamente culpado pelo episódio

PT usará episódio terrorista do domingo para pedir inelegibilidade de Bolsonaro (Andressa Anholete/Getty Images)
PT usará episódio terrorista do domingo para pedir inelegibilidade de Bolsonaro (Andressa Anholete/Getty Images)
  • Lideranças do PT vão pedir a inelegibilidade de Jair Bolsonaro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

  • Partido vai incluir atos terroristas de domingo (8) nas ações já movidas contra o ex-presidente

  • PT entende que Bolsonaro foi diretamente culpado pelas invasões e depredações de prédios públicos

As lideranças do PT decidiram pedir a inelegibilidade de Jair Bolsonaro (PL) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tendo como justificativa os atos terroristas praticados por apoiadores do ex-presidente no último domingo (8), em Brasília.

De acordo com a coluna de Carolina Brígido no portal UOL, o partido vai incluir os fatos ocorridos no fim de semana em ações que já tramitam na Corte contra Bolsonaro.

"No cenário em que estamos, vale a pena apostar nessas ações para deixá-lo inelegível", disse à jornalista uma fonte do partido, que não quis ser identificada.

A estratégia petista é responsabilizar diretamente o ex-presidente pelo episódio de terrorismo na capital federal. Afinal, Bolsonaro foi responsável por incitar seus apoiadores por meio de discursos golpistas e de ataques a órgãos como o Supremo Tribunal Federal (STF).

Atualmente, há 11 ações de investigação judicial eleitoral (Aijes) contra Bolsonaro no TSE, por uso eleitoreiro do mandato, discursos antidemocráticos e uso de informações falsas para atacar o sistema eleitoral.

Episódios do fim de semana podem acelerar processo

Apesar de se tratarem de processos longos, fontes do TSE relataram à coluna que a repercussão negativa dos ataques de domingo podem acelerar o julgamento das ações, com maiores chances de condenação.

Se for considerado culpado, Bolsonaro pode ficar inelegível por oito anos. Caso já tenha sido eleito antes da punição, pode ter o registro cassado.

Como se organizaram os atos terroristas em Brasília? A linha do tempo interativa abaixo te mostra, clique e explore:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Obras de arte foram destruídas, itens roubados e o prejuízo ainda é calculado pelas autoridades. Veja a lista completa de obras destruídas nos ataques. Até o fim da segunda (10), pelo 1.500 envolvidos no episódio já haviam sido presos.