PT de SP é alvo de ação de despejo por falta de pagamento de aluguel e IPTU

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 18.03.2016 - Bandeira do Partido dos Trabalhadores (PT) é vista durante manifestação em apoio aos ex-presidentes Dilma e Lula em frente à Biblioteca Nacional de Brasília. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 18.03.2016 - Bandeira do Partido dos Trabalhadores (PT) é vista durante manifestação em apoio aos ex-presidentes Dilma e Lula em frente à Biblioteca Nacional de Brasília. (Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O diretório municipal do PT em São Paulo é alvo de uma ação de despejo de sua sede na região central da capital por falta de pagamento.

O proprietário cobra R$ 267 mil da sigla, relativos a aluguéis que não foram pagos desde setembro de 2021, IPTUs em aberto desde 2018 e juros. O valor mensal do aluguel é de R$ 10 mil, e o contrato começou em abril de 2012.

Em sua ação, o proprietário pede a desocupação imediata do imóvel. Presidente municipal do partido, Laércio Ribeiro diz que reconhece a existência de uma dívida, mas que ainda não foi notificado. Ele afirma que a situação do PT na capital nunca foi fácil e que sua disposição é a de dialogar e buscar um acordo.