PT turbina estrutura de comunicação mirando eleição de 2022

·1 minuto de leitura
SÃO PAULO - SP 12/11/2020 -  Jilmar Tatto, do PT. (Foto Marlene Bergamo/Folhapress)
SÃO PAULO - SP 12/11/2020 - Jilmar Tatto, do PT. (Foto Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O PT está ampliando sua estrutura de comunicação com vistas à eleição do ano que vem.

A sede do partido em Brasília ganhará um novo andar apenas para abrigar equipes de produção de material em áudio e vídeo, que abastecem os meios do partido em redes sociais e plataformas como Spotify e YouTube.

Novos produtos deverão surgir, como um canal em vídeo exclusivo para mulheres. O foco principal, obviamente, é a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva.

Desde que o ex-presidente retomou suas viagens, dois profissionais da comunicação do partido passaram a acompanhá-lo para registrar seus passos.

O partido também investe em impulsionamento de conteúdo e na ampliação de uma equipe que hoje já supera 30 profissionais.

"Comunicação sozinha não ganha eleição, mas é fundamental para difundirmos nossas ideias antes e durante a campanha. Daremos prioridade total a essa área", diz o secretário de Comunicação do partido, Jilmar Tatto.

O investimento, diz ele, foi possível porque o PT gastou menos com eventos e deslocamentos na pandemia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos