Publicação engana ao dizer que na posse de Lula em 2003 não havia bandeiras do Brasil

Ex-presidente Lula em meio a apoiadores no dia da posse de seu primeiro mandato no Planalto, em 1º de janeiro de 2003, em Brasília (Foto: Reuters / Paulo Whitaker)
Ex-presidente Lula em meio a apoiadores no dia da posse de seu primeiro mandato no Planalto, em 1º de janeiro de 2003, em Brasília (Foto: Reuters / Paulo Whitaker)
  • Publicações com uma foto da posse de Lula em 2003 circulam nas redes sugerindo que não houve uma bandeira do Brasil sequer no evento

  • O conteúdo chegou a ser compartilhado no Facebook pela Deputada Federal Carla Zambelli

  • A informação, contudo, é enganosa. Houve, sim, bandeiras do país naquele evento

Uma imagem da posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2003 circula nas redes sociais com a seguinte afirmação: "Veja a foto da primeira posse presidencial de Lula e encontre uma bandeira do Brasil". O conteúdo chegou a ser compartilhado pela deputada federal Carla Zambelli (PL) em seu perfil oficial no Facebook e conta com mais de 26 mil interações.

Contudo, a afirmação é enganosa. Apesar de não ser possível identificar as bandeiras do país na imagem viralizada, o símbolo esteve presente, sim, na posse presidencial em 2003.

Captura de tela de uma publicação reunindo supostas frases de Lula sobre família e Igreja (Foto: Facebook / Reprodução)
Captura de tela de uma publicação reunindo supostas frases de Lula sobre família e Igreja (Foto: Facebook / Reprodução)

Uma busca reversa pelo registro no Google Imagens identificou a mesma fotografia em uma publicação do ex-presidente Lula no Facebook. Na imagem – cuja resolução melhor do que os registros que circulam nas redes – é possível identificar algumas bandeiras do Brasil em meio às do PT e do PCdoB:

Além das bandeiras vermelhas do partido, há guardas segurando bandeiras com faixas vermelhas e brancas. Eles se tratam dos Dragões da Independência, unidade militar do Regimento de Cavalaria do Exército. Os Dragões exercem um papel simbólico na guarda e na segurança do presidente da República, como explicou a Agência de Notícias da Câmara de Deputados.

Segundo a Agência, a unidade ainda utiliza o fardamento típico do século 19. As cores, vermelha e branca, são as mesmas da antiga cavalaria portuguesa. Imagens de outros eventos também mostram os militares utilizando essas cores (1, 2, 3).

Em outro registro da data, publicado também na página do ex-mandatário, identificam-se bandeiras do país.

Fotografias diferentes tiradas naquele dia, como esta da Agência Reuters, também captaram algumas bandeiras do Brasil em meio à multidão:

Apoiadores de Lula festejando em uma fonte na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no dia da posse do ex-presidente em 1º de janeiro de 2003 (Foto: Reuters / Sergio Moraes)
Apoiadores de Lula festejando em uma fonte na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no dia da posse do ex-presidente em 1º de janeiro de 2003 (Foto: Reuters / Sergio Moraes)

Conteúdo semelhante foi verificado pelo AFP Checamos.