Publicação usa dados falsos ao comparar contas públicas e lucro de estatais

Sede do Ministério da Economia em Brasília, em 7 de outubro de 2021 (Foto: AFP via Getty Images / Sergio Lima)
Sede do Ministério da Economia em Brasília, em 7 de outubro de 2021 (Foto: AFP via Getty Images / Sergio Lima)
  • Um conteúdo que circula nas redes sociais compara resultados de 2018 com os de 2022, como taxa de desemprego, contas públicas e lucro de estatais

  • A publicação mostra piores resultados de 2018 em relação a este ano

  • Alguns dos dados, porém, estão errados e não podem ser usados na comparação

Uma publicação que circula nas redes sociais com dezenas de compartilhamentos apresenta dados referentes ao desemprego, contas públicas e resultados financeiros de empresas estatais de 2018 e de 2022. Os conteúdos comparam os resultados dos dois anos, mostrando índices de 2018 piores em relação aos de 2022. Os resultados positivos são atribuídos ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Alguns dos números utilizados, no entanto, estão errados.

Confira a apuração da reportagem do Yahoo! Notícias em relação aos dados apresentados.

Captura de tela de uma publicação que circula com informações erradas sobre contas públicas e resultados de empresas estatais (Foto: Twitter / Reprodução).
Captura de tela de uma publicação que circula com informações erradas sobre contas públicas e resultados de empresas estatais (Foto: Twitter / Reprodução).

Taxa de desemprego

A publicação se inicia com a informação de que o desemprego em 2018 foi de 12,3%, enquanto o de 2022 é de 9,8%.

Embora a taxa de desemprego em 2018 tenha sido de 12,3%, o número de 9,8% de 2022 se refere ao trimestre de março a maio. Nesse sentido, os dois dados não são comparáveis, uma vez que o anual utiliza uma metodologia diferente do trimestral.

No trimestre de março a maio de 2018 o desemprego foi de 12,8%, o que representa uma diferença de 3% em relação ao mesmo trimestre de 2022.

Contas públicas

O segundo dado apresentado no conteúdo viral se trata do suposto prejuízo de 108 bilhões de 2018 nas contas públicas e do superávit de 109 bilhões neste 2022. Os números, contudo, estão errados. Em 2018, de acordo com o Tesouro Nacional, o déficit primário acumulado do governo federal foi de R$ 120,3 bilhões. Já em 2022, o resultado acumulado em 12 meses a partir de junho foi superavitário, de R$ 53,6 bilhões.

Considerando o resultado que leva em conta também estados e municípios, além do governo federal, o resultado de 2018, conforme o Banco Central, foi deficitário, de R$ 67,1 bilhões. Já em 2022, o superávit foi de R$ 119,9 bilhões.

Empresas estatais

Por último, a mensagem se refere ao resultado das empresas estatais, porém são utilizados números igualmente errados. Segundo a postagem, em 2018 teria havido um prejuízo de 1,8 bilhões, enquanto que em 2021, um lucro de 187 bilhões.

Embora em 2021 o lucro das empresas estatais federais tenha sido de R$ 187,7 bilhões – assim como informa a publicação –, segundo dados do Ministério da Economia, o resultado de 2018 foi positivo, de R$ 69,9 bilhões.

Conteúdo semelhante foi analisado pela Agência Lupa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos