Publicações confundem enquetes sem valor científico com pesquisas eleitorais

Enquete realizada pela Jovem Pan circula nas redes sociais apontando vantagem de Bolsonaro sobre Lula. (Fotomontagem: Yahoo Notícias/Douglas Magno - AFP via Getty Images/ REUTERS - Adriano Machado)
Enquete realizada pela Jovem Pan circula nas redes sociais apontando vantagem de Bolsonaro sobre Lula. (Fotomontagem: Yahoo Notícias/Douglas Magno - AFP via Getty Images/ REUTERS - Adriano Machado)
  • Enquete realizada pela Jovem Pan circula nas redes sociais apontando vantagem de Bolsonaro sobre Lula

  • Votação ao vivo não utilizou método científico e não se trata de pesquisa eleitoral

  • Pesquisas, diferentemente de enquetes, devem ser registradas junto à Justiça Eleitoral

Um vídeo com mais de 230 mil visualizações circula nas redes sociais questionando o porquê de uma enquete realizada pela emissora Jovem Pan não estar sendo divulgada nos veículos de imprensa.

Na gravação, o usuário confunde enquetes com pesquisas e pergunta "porque será que não estão divulgando aí, a mídia tradicional [...] que gosta de fazer pesquisas de eleições, mas não estão divulgando essa da Jovem Pan".

Contudo, ao contrário das pesquisas eleitorais, enquetes não seguem método científico e não necessariamente selecionam uma amostra diversa, que representa o eleitorado.

Captura de tela de uma publicação no Facebook. (Foto: Reprodução)
Captura de tela de uma publicação no Facebook. (Foto: Reprodução)

A enquete realizada ao vivo pela Jovem Pan em 17 de fevereiro de 2022 e exibida no programa Entrelinhas questionou seus espectadores sobre "qual Brasil você prefere: o de Lula ou o de Bolsonaro?”. Dos que responderam, 91,2% preferiam o de Bolsonaro e somente 8,8% optaram pelo de Lula.

Apesar de a enquete estar sendo confundida com uma pesquisa eleitoral, não é possível misturar os dois conceitos. A Resolução nº 23.600 de 12 de dezembro de 2019 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabelece as diferenças entre ambos.

De acordo com a norma, as empresas que realizarem pesquisas "relativas às eleições ou às candidatas e aos candidatos, para conhecimento público, são obrigadas, para cada pesquisa, a registrar, no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), até 5 (cinco) dias antes da divulgação". O sistema de registro é parte da Justiça Eleitoral.

Já as enquetes, conforme a resolução consiste no "levantamento de opiniões sem plano amostral, que dependa da participação espontânea da parte interessada, e que não utilize método científico para sua realização". Nesse sentido, esses levantamentos não selecionam uma amostra que representa o eleitorado, de modo que seus resultados, muitas vezes, podem ser distorcidos por essa falta de diversidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos