Putin deseja 'recuperação rápida' ao presidente argentino com covid-19

·1 minuto de leitura
Vladimir Putin, em 27 de março de 2021 em Moscou

O presidente russo, Vladimir Putin, desejou nesta segunda-feira (5) uma "recuperação rápida e completa" ao seu homólogo argentino, Alberto Fernández, que testou positivo para covid-19 na semana passada, apesar de ter recebido a vacina russa Sputnik V.

Segundo comunicado do Kremlin, Vladimir Putin manteve uma conversa telefônica com Alberto Fernández durante a qual "o felicitou por seu último aniversário e lhe desejou uma rápida e completa recuperação".

O presidente argentino, que comemorou seu 62º aniversário na sexta-feira, "agradeceu essas palavras e mencionou a confiança que mantém na vacina russa Sputnik V, graças à qual contraiu apenas uma forma leve da doença", acrescentou a presidência russa.

O comunicado acrescenta que a "cooperação estreita" entre Rússia e Argentina na luta contra o coronavírus vai continuar.

Fernández, que está isolado como medida de precaução, anunciou na sexta-feira que havia testado positivo para coronavírus em um teste de antígeno. As autoridades argentinas anunciaram no sábado que um teste de PCR confirmou o resultado.

O presidente argentino havia recebido no dia 21 de janeiro a primeira dose da vacina Sputnik V, do laboratório russo Gamaleya, e no dia 11 de fevereiro, a segunda.

A Argentina enfrenta uma nova onda de epidemia da covid-19. Segundo dados oficiais, o país de 44 milhões de habitantes registrou mais de 56 mil mortes e cerca de 2,4 milhões de infecções desde o início da pandemia.

tbm/tjc/mb/ap