Putin disse a Macron que não quer agravar crise na Ucrânia, diz autoridade francesa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

PARIS (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse ao presidente da França, Emmanuel Macron, que quer continuar o diálogo com o Ocidente e não quer o agravamento da situação na Ucrânia, afirmou uma autoridade presidencial francesa após a conversa entre os dois líderes nesta sexta-feira.

Moscou acumulou forças próximas à Ucrânia e tenta conseguir garantias de segurança do Ocidente, incluindo uma promessa de que a Otan não irá admitir o ex-vizinho soviético da Rússia na aliança militar liderada pelos Estados Unidos.

Putin conversou com Macron após os Estados Unidos e a Otan submeterem respostas às exigências de segurança da Rússia após semanas de silêncio público sobre a crise.

"O presidente Putin disse que quer continuar o diálogo e que precisa trabalhar pela implementação dos acordos de Minsk", disse a autoridade após uma teleconferência entre os dois governantes, se referindo às negociações entre França, Alemanha, Rússia e Ucrânia sobre o conflito no leste da Ucrânia iniciado em 2014. "Ele disse que não quer o agravamento."

O Kremlin afirmou que Putin disse a Macron que os Estados Unidos e a Otan não abordaram muitas das exigências de segurança no impasse em relação à Ucrânia, mas que Moscou está pronto para continuar negociando.

Durante seus cinco anos como presidente da França, Macron buscou o diálogo com Putin, algumas vezes irritando alguns de seus aliados da União Europeia. O mandatário francês, que disse que a conversa foi respeitosa e séria, disse que Putin reiterou que os EUA e a Otan precisam oferecer garantias de segurança à Rússia.

Macron deixou claro que a soberania de países vizinhos precisa ser respeitada, disse a autoridade.

(Reportagem de John Irish)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos