Putin diz à Finlândia que trocar neutralidade pela Otan é um erro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse a seu colega finlandês Sauli Niinisto neste sábado que abandonar a neutralidade e aderir à Otan seria um erro que poderia prejudicar as relações entre os dois países, disse o Kremlin.

Os dois países disseram que seus presidentes conversaram por telefone dois dias depois de a Finlândia ter declarado a intenção de se juntar à aliança ocidental. Moscou descreveu isso como uma ameaça à segurança que exigirá uma resposta, mas não especificou como.

O gabinete de Niinisto disse que ele afirmou a Putin "como fundamentalmente as demandas russas no final de 2021 com o objetivo de impedir que os países se juntem à Otan e a invasão massiva da Ucrânia pela Rússia em fevereiro de 2022 alteraram o ambiente de segurança da Finlândia".

Ele disse que a Finlândia queria lidar com as relações com seu vizinho russo de "maneira correta e profissional".

O Kremlin disse: "Vladimir Putin enfatizou que abandonar a política tradicional de neutralidade militar seria um erro, já que não há ameaças à segurança da Finlândia. Tal mudança na política externa do país pode ter um impacto negativo nas relações russo-finlandesas".

Moscou descreveu a ligação como uma "troca franca de pontos de vista", normalmente um eufemismo diplomático para uma conversa difícil.

Niinisto disse: "A conversa foi direta e clara e foi conduzida sem agravos. Evitar tensões foi considerado importante".

Espera-se que a candidatura da Finlândia seja seguida por um movimento semelhante da Suécia, confrontando Putin exatamente com o que ele disse que queria evitar quando lançou sua invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro: uma nova expansão da Otan para as fronteiras da Rússia.

(Reportagem adicional de Essi Lehto)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos