Putin diz na COP26 que conservação da floresta é vital para conter mudanças climáticas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse que é vital proteger as florestas para conter a mudança climática e que a Rússia utilizará suas próprias vastas áreas florestais para cumprir suas promessas de emissões, falando em um vídeo pré-gravado transmitido na COP26 nesta terça-feira.

Putin, cuja ausência nas negociações da ONU em Glasgow é vista como um revés para as chances de um avanço, disse que Moscou apoiou um projeto de declaração conjunta sobre florestas e uso da terra nas negociações.

“Estou convencido de que a conservação de florestas e outros ecossistemas naturais é um componente-chave dos esforços internacionais para combater o aquecimento global e reduzir as emissões de gases de efeito estufa”, afirmou ele, de acordo com uma transcrição do Kremlin.

A Rússia, quarta maior emissora de gases de efeito estufa do mundo, é uma grande produtora e exportadora de hidrocarbonetos, e a busca por formas mais verdes de energia é considerada um sério desafio para a economia russa.

Putin disse no mês passado que a Rússia buscaria a neutralidade de carbono até 2060, uma década depois do prazo de 2050 que os cientistas do clima dizem ser necessário para evitar os piores impactos do aquecimento global.

Putin declarou que 20% das florestas do mundo estão localizadas na Rússia e que Moscou está investindo para conservar essa área florestal, combatendo a extração ilegal de madeira e os incêndios florestais.

(Reportagem de Tom Balmforth)

((Tradução Redação Brasília, 5561 33296014))

REUTERS TR RB

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos