Putin diz que confronto com "nazistas" da Ucrânia era inevitável

Presidente da Rússia Vladimir Putin em Moscou

LONDRES (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta sexta-feira que o confronto da Rússia com o "regime neonazista" em Kiev era inevitável.

Respondendo a perguntas sobre história, Putin repreendeu os impérios ocidentais por roubarem países africanos durante o período colonial. Putin elogiou a Índia moderna como tendo muito potencial.

Ele disse ainda que a Rússia tem uma civilização e cultura únicas.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)