Putin diz que nova infraestrutura militar na Suécia e na Finlândia demandará reação

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante reunião da Organização do Tratado de Segurança Coletiva em Moscou

(Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que seu país não tem nenhum problema com a Finlândia e a Suécia, mas que a expansão de infraestrutura militar nos territórios desses países exigirá uma reação de Moscou, num momento em que os países nórdicos se aproximam de aderir à aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Falando em Moscou durante reunião da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), liderada pela Rússia, Putin disse que a expansão da Otan é um problema para Moscou e que é necessário prestar atenção adicional ao que ele classificou de planos da aliança liderada pelos Estados Unidos de ampliar sua influência global.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos