Putin diz que o governo deve apoiar a indústria automobilística nacional

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou nesta quinta-feira que seu governo apresente novas medidas para apoiar a indústria automobilística doméstica, que tem visto uma queda nas vendas desde que Moscou lançou sua invasão da Ucrânia.

Em meio a uma queda na demanda de compradores russos e graves problemas de logística como resultado das sanções ocidentais impostas a Moscou, as vendas de carros caíram um recorde de 83,5% em maio, segundo dados da Associação de Empresas Europeias (AEB).

"Gostaria de pedir ao governo que nos diga em detalhes quais medidas rápidas está tomando para apoiar a indústria automobilística e estabilizar o mercado interno", disse Putin em uma reunião com funcionários do governo transmitida pela TV estatal.

Putin também disse que o governo precisa olhar não apenas para questões de produção, mas também como estimular a demanda, apesar das dificuldades econômicas que o país enfrenta.

De acordo com a agência de estatísticas russa Rosstat, os preços dos carros subiram quase 50% desde o início do ano, derrubando a demanda em um país onde a renda das famílias cai e a inflação está próxima das máximas de 20 anos.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos