Putin diz que Rússia não cederá a "chantagem e intimidação"

Vladimir Putin em Moscou

MOSCOU (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, falando em um evento para marcar os 1.160 anos do Estado da Rússia, disse nesta quarta-feira que o país não perderá sua soberania e não cederá a "chantagem e intimidação".

Em comentários horas depois de declarar mobilização parcial para reforçar a operação militar especial de Moscou na Ucrânia, ele também elogiou os militares russos, que, segundo ele, lutam para salvar pessoas na região ucraniana de Donbas.

(Reportagem da Reuters)