Putin diz que Rússia precisa de garantias "imediatas" do Ocidente e não quer conflito

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante entrevista coletiva em Moscou
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Vladimir Putin
    Vladimir Putin
    Presidente da Rússia

Por Vladimir Soldatkin

MOSCOU (Reuters) - A Rússia quer evitar um conflito com a Ucrânia e o Ocidente, disse o presidente russo, Vladimir Putin, nesta quinta-feira, exigindo uma resposta "imediata" dos Estados Unidos e de seus aliados à exigência russa de garantias de segurança.

"Esta não é nossa escolha (preferida), não queremos isto", disse Putin em sua coletiva de imprensa anual quando indagado sobre a possibilidade de um conflito com a Ucrânia.

Ele disse que a Rússia recebeu uma resposta inicial essencialmente positiva às propostas de segurança que apresentou aos EUA neste mês e que as negociações começarão no início do ano que vem em Genebra.

"Espero que o desenrolar da situação prossiga por este caminho", disse.

Em uma resposta separada, Putin ficou mais exasperado ao lembrar como a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) "enganou" seu país com ondas sucessivas de expansão desde a Guerra Fria e disse que o governo russo precisa de uma resposta com urgência.

"Vocês precisam nos dar garantias e imediatamente – agora."

A Rússia refuta acusações ucranianas e norte-americanas de que pode estar preparando uma invasão da Ucrânia já no começo do próximo mês com dezenas de milhares de soldados próximos à fronteira.

O país disse que precisa de promessas do Ocidente, inclusive a de que a Otan abdicará de qualquer atividade militar na Europa Oriental, porque sua segurança está ameaçada pelos laços crescentes da Ucrânia com a aliança ocidental e pela possibilidade de mísseis da Otan serem instalados em território ucraniano visando a Rússia.

"Nós colocamos diretamente a questão de que não deve haver mais movimentação da Otan para o leste. A bola está no campo deles, eles deveriam nos responder com alguma coisa", disse Putin.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759))

REUTERS ES

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos