Putin diz que será vacinado "quando possível"

·1 minuto de leitura
O presidente russo Vladimir Putin durante sua entrevista coletiva anual

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta quinta-feira que será vacinado contra o coronavírus "quando for possível", com base na sua faixa etária, e repetiu que a vacina russa Sputnik V é "boa e segura".

"Escuto as recomendações dos especialistas e, portanto, ainda não o fiz, mas está claro que o o farei quando possível", afirmou o presidente, de 68 anos, durante sua entrevista coletiva anual.

"Temos uma boa vacina, segura e eficaz (...) com um nível de proteção de 96 a 97%, segundo os especialistas", completou Putin, que responde as perguntas dos jornalistas por videoconferência, devido à pandemia de covid-19.

O presidente russo disse esperar que seu país tenha "milhões de doses de vacina" no próximo ano.

Putin considerou que a Rússia administrou a pandemia "com dignidade e melhor que outros países do mundo", mas admitiu que "nenhum sistema (de saúde) no mundo estava preparado para enfrentar" um problema de "tal magnitude".

pop/alf/bl/zmz/fp