Putin manda condolências ao Reino Unido por 'perda irreparável' da rainha Elizabeth

A rainha britânica Elizabeth e o presidente russo, Vladimir Putin, em visita ao Palácio de Buckingham, em Londres, em 2003. REUTERS/Grigory Dukor/Arquivo

(Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, ofereceu nesta quinta-feira suas condolências ao Reino Unido pela "perda irreparável" da rainha Elizabeth, que morreu mais cedo aos 96 anos, disseram agências de notícias russas.

Em uma mensagem enviada a Charles, o novo monarca do Reino Unido, Putin disse que a rainha "desfrutou legitimamente do amor e do respeito de seus súditos, bem como da autoridade no cenário mundial".

Ele acrescentou: "Desejo coragem e resiliência diante desta perda difícil e irreparável. Peço que transmita sinceras condolências e apoio aos membros da família real e a todo o povo do Reino Unido".

(Reportagem de David Ljunggren)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS PB