Putin não irá a funeral de ex-premiê japonês, diz Kremlin

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante reunião nos arredores de Moscou

(Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, não comparecerá ao funeral do ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, informou o Kremlin nesta segunda-feira.

"Não, Putin não tem planos de visitar o Japão e comparecer ao funeral", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, acrescentando que a Rússia ainda não decidiu se o país terá representação no funeral.

O governo japonês notificou todos os países com os quais tem laços diplomáticos, incluindo a Rússia, sobre o funeral do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, disse nesta segunda-feira o vice-secretário de gabinete do Japão, Yoshihiko Isozaki.

O jornal japonês Sankei informou no sábado que Tóquio estava inclinado a não permitir que Putin comparecesse ao funeral, marcado para 27 de setembro. Abe foi morto a tiros em um comício de campanha neste mês.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos