Putin diz que dinâmica é positiva para a Rússia na Ucrânia

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

No dia em que as autoridades e os serviços de socorro ucranianos se debatem com a contagem de vítimas de um novo ataque a uma zona residencial em Dnipro, no Leste da Ucrânia, a televisão estatal russa divulga declarações do presidente Vladimir Putin, pautadas pela ideia de que a ofensiva mostra “dinâmica positiva”. O presidente russo afirma que “tudo se desenrola segundo os planos do Ministério da Defesa”.

No início da tarde deste domingo, já eram 21 os mortos em consequência do ataque aéreo russo contra um edifício residencial em Dnipro. Há notícia de 73 feridos, dos quais 40 foram hospitalizados.

Notícias relacionadas:

As equipes de resgate permaneciam no local em busca de sobreviventes. O número de mortos pode aumentar nas próximas hora

Hoje, o canal estatal Rossiya 1 mostrou o presidente russo respondendo a uma pergunta sobre os acontecimentos em Soledar, cidade conhecida pela mineração de sal que Moscou garante ter conquistado. Algo que tem sido repetidamente negado por Kiev.

“A dinâmica é positiva e tudo se desenrola segundo os planos do Ministério da Defesa e do Estado-Maior. Espero que os nossos soldados nos contentem ainda mais com os resultados do seu combate”, afirmou Vladimir Putin, questionado sobre a pista de um aeroporto, perto do avião presidencial.Quase um ano depois da invasão, o Kremlin descreve abertamente a guerra na Ucrânia como uma batalha existencial com o Ocidente.

O Exército russo encara a tomada de Soledar - cujos túneis das minas de sal são descritos como estratégicos para a proteção de material de guerra e eventuais operações de infiltração nas linhas inimigas – como uma etapa crucial para o cerco à cidade vizinha de Bakhmut, há meses palco de violentos combates.

Ontem, um governador regional ucraniano garantia que as forças do país invadido continuavam a lutar pelo controle de Soledar. Em Washington, no entanto, o Instituto para o Estudo da Guerra considera muito improvável que as tropas da Ucrânia ainda possam conservar qualquer posição no interior da cidade.

Economia estável

Putin referiu-se também ao efeito das sanções impostas pelo Ocidente à Rússia, para dizer que a economia do país demonstra ter capacidade de resistência. “A situação da economia é estável. Muito melhor não só do que os nossos oponentes previram, mas do que nós próprios esperávamos”, sustentou o presidente russo.

“O desemprego está em um mínimo histórico. A inflação está mais baixa do que era esperado e mostra, o que é importante, tendência de queda”, acentuou.

Em 2022, a economia russa sofreu contração, embora menos pronunciada do que a maioria dos economistas ocidentais previa. Moscou estima que, este ano, o PIB caia 0,8%.