Putin vai dar “alerta apocalíptico” ao Ocidente na próxima segunda, diz agência

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Vladimir Putin vai discursar na Praça Vermelha na segunda-feira (9) (Foto: Sputnik/Alexei Danichev/Kremlin via REUTERS)
Vladimir Putin vai discursar na Praça Vermelha na segunda-feira (9) (Foto: Sputnik/Alexei Danichev/Kremlin via REUTERS)

Resumo da notícia

  • Vladimir Putin deve fazer evento grandioso na próxima segunda-feira

  • Em 9 de maio é celebrada a vitória na Grande Guerra Patriótica, como é chamada a Segunda Guerra Mundial na Rússia

  • Evento será um "alerta apocaliptico" para o Ocidente

Na próxima segunda-feira (9), a Rússia terá as celebrações do 77º aniversário da vitória da União Soviética contra a Alemanha nazista, durante a Segunda Guerra Mundial. Anualmente, há celebrações da data, no entanto, segundo a agência Reuters, no início da próxima semana, Putin deve mandar um “alerta apocalíptico” para o Ocidente.

De acordo com informações da Reuters, Vladimir Putin deve falar na Praça Vermelha. No local, aconteceram também desfiles de tropas, tranques, foguetes e mísseis balísticos intercontinentais.

Caças supersônicos, por exemplo, devem sobrevoar a Catedral de São Basílio. Além disso, segundo o Ministério da Defesa, pela primeira vez desde 2010, será usado o avião de comando Il-80 "apocalipse". Essa aeronave seria a responsável por levar o alto escalão da Rússia caso haja uma guerra nuclear.

Na Rússia, a Segunda Guerra Mundial é chamada de Grande Guerra Patriótica. Ao iniciar a invasão contra a Ucrânia – chamada por Putin de “operação militar especial”, e não de guerra –, o presidente fez uma comparação entre os conflitos.

“A tentativa de apaziguar o agressor às vésperas da Grande Guerra Patriótica acabou sendo um erro que custou caro ao nosso povo”, disse Putin no dia 24 de fevereiro, quando os russos entraram no território ucraniano. “Não cometeremos tal erro uma segunda vez, não temos o direito.”

Havia duas especulações sobre o dia 9 de maio: Putin poderia declarar o “início” da guerra contra a Ucrânia, já que a invasão não é chamada assim pelos russos, ou o fim do conflito, declarando a vitória da Rússia. Na última quarta-feira (4), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que as hipóteses eram “absurdas”.

O governo russo também não adiantou qual será o teor do discurso de Putin na próxima segunda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos