Qatar Airways emprestará laptops a passageiros nos voos para os EUA

(Arquivo) A Qatar Airways anunciou que emprestará gratuitamente laptops a alguns passageiros na classe executiva em voos para os EUA, em um esforço para minimizar a proibição de levar certos dispositivos eletrônicos na área de passageiros

A Qatar Airways anunciou nesta quinta-feira que emprestará gratuitamente laptops a alguns passageiros na classe executiva em voos para os Estados Unidos, em um esforço para minimizar a proibição americana de levar certos dispositivos eletrônicos na área de passageiros.

Washington proibiu na semana passada laptops e tablets na área de passageiros das aeronaves de nove companhias provenientes de dez aeroportos internacionais de países árabes e Turquia, evocando o risco de possíveis atentados.

Em um comunicado, a companhia aérea com sede em Doha afirmou sua intenção de propor "um serviço de empréstimo de laptops" aos passageiros que viajem na classe executiva a partir da "semana que vem".

Os passageiros receberão um computador pouco antes de embarcar, ressaltou a Qatar Airways. "Nossos passageiros poderão dessa maneira continuar trabalhando a bordo", garantiu o patrão da companhia, Akbar al Baker.

A companhia Emirates, também foi afetada pela proibição, estuda oferecer a seus clientes um serviço similar, enquanto que a Etihad Airways, com base em Abu Dhabi, já anunciou que oferecerá a seus passageiros da primeira classe e da executiva acesso gratuito a wifi e tablets.

O Reino Unido segue os passos dos Estados Unidos, impondo uma proibição similar nos voos para este país. A Qatar Airways, contudo, não será afetada pela medida britânica.