Garoto com nanismo vítima de bullying desfila com astros do rugby na Austrália

Equipe HuffPost

Quando a australiana Yarraka Bayles compartilhou um vídeo do seu filho, Quaden, de 9 anos, chorando, ela não sabia que a história do garoto que convive com o nanismo chamaria atenção do mundo inteiro.

Quaden nasceu com acondroplasia, uma forma comum de nanismo. Ele é vítima de bullying por sua condição e Yarraka publicou o relato do garoto que, de acordo com ela, já pensava em tirar a sua própria vida por ser alvo de violência de outras pessoas.

Mas a história conseguiu ter um final ao menos alegre. Quaden chamou a atenção de estrelas, atletas e famosos e a sua causa gerou discussões dentro e fora das redes sociais. No último sábado (22), o garoto foi convidado a desfilar com o time do NRL, a liga nacional de rugby, um dos principais esportes da Austrália.

Em entrevista aos jornais locais, Yarraka Bayles afirmou que o convite fez com que o seu filho deixasse de viver o pior dia de sua vida para conhecer o melhor de todos eles.

“Há muitas pessoas sofrendo em silêncio e meu coração se dirige àquelas famílias que já perderam seus filhos por bullying. É uma crise internacional e exige atenção urgente”, compartilhou.

O vídeo que viralizou mostra a criança no carro, e Bayles começa a filmar a angústia de seu filho na esperança de incitar os pais a agir contra o bullying ininterrupto que ele sofria.

O vídeo foi assistido por mais de 14 milhões de pessoas e gerou uma série de apoio nas redes sociais por meio da hashtag #WeStandWithQuaden. Celebridades, como Hugh Jackman, também defenderam o garoto.

Além de participar do desfile de rugby, o menino ganhou uma viagem para conhecer a Disney com sua família após um ator de comédia arrecadar mais de 75 mil dólares para o passeio. 

Leia mais:

Continue a ler no HuffPost