Quadrilha com motorista de aplicativo, que praticava roubos na Zona Sul, é desarticulada

RIO — Dois bandidos com ajuda de um motorista de aplicativo realizavam roubos na Zona Sul do Rio. Pelo menos 15 pessoas já foram vítimas do grupo. A quadrilha foi desarticulada após investigação da 14ª DP (Leblon), ao identificar os participantes e monitorá-los, há cerca de um mês. Câmeras de segurança registraram as ações, e as imagens foram usadas no reconhecimento dos integrantes.

Nesta quinta-feira, foram presos o travesti Yan Phelipe de Souza dos Santos, de 25 anos, que se prostituía na Avenida Atlântica, em Copacabana, e na Quinta da Boa Vista; e o motorista Alef William da Costa Oliveira, de 26 anos, capturado em Campo Grande. Yan Phelipe articulava os golpes com outro travesti em bairros da Zona Sul, como Leblon, Ipanema e Botafogo. Alef William era contactado para dirigir por estes locais enquanto a dupla escolhia as vitimas. Objetos como bolsas, carteiras, celulares e joias eram os principais alvos. A dupla descia do carro armada com uma pistola e fazia os roubos, voltando para o veículo de Alef que os aguardava.