Quadrilha do Rolex: suspeito de roubar relógios no DF é preso em SP

Leandro Aparecido dos Santos, 35 anos, participava da quadrilha do Rolex. (Foto: PCDF/Divulgação)
Leandro Aparecido dos Santos, 35 anos, participava da quadrilha do Rolex. (Foto: PCDF/Divulgação)
  • Quadrilha atuava no Lago Sul e na Asa Sul da capital

  • Suspeito teria lucrado R$ 600 mil com roubos de relógios Rolex

  • Esta é a segunda vez que ele é preso

Um suspeito de realizar uma série de roubos de relógios de luxo em áreas nobres de Brasília foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) em Taboão da Serra, em São Paulo, neste domingo (17).

Esta é a segunda vez que Leandro Aparecido dos Santos, 35 anos, é preso pelos crimes. Na semana passada, ele foi alvo da Operação Big Trail, suspeito de participar de um assalto no Lago Sul, junto de seu comparsa, Lucas Azevedo Silva, de 21 anos. No entanto, ele foi liberado após audiência de custódia, enquanto a prisão de Lucas foi mantida.

Neste domingo, a polícia realizou novamente a detenção do homem, após uma nova representação da 10ª Delegacia de Polícia por sua prisão preventiva.

Leandro vive em São Paulo e é suspeito de integrar um grupo criminoso especializado em roubar relógios da marca Rolex. Apenas no Distrito Federal, ele teria praticado ao menos seis roubos, que renderam aproximadamente R$ 600 mil.

Os roubos eram realizados por homens armados em motocicletas. Eles abordavam motoristas de carros de luxo que andavam pelo Lago Sul ou pela Asa Sul do DF. Eles conferiam se a pessoa usava um Rolex e aí faziam o assalto.

Agora, Leandro será transferido para o sistema penitenciário Distrito Federal, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos