Quadro "Washington Crossing the Delaware" será leiloado na Christie's em maio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Quadro "Washington Crossing the Delaware"
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Roselle Chen

NOVA YORK (Reuters) - O famoso quadro "Washington Crossing the Delaware", que ficou pendurado na Casa Branca entre os anos 1970 e 2014, será leiloado no mês que vem, com estimativa de arrecadar cerca de 20 milhões de dólares.

A pintura a óleo de 1851 é uma das três versões pintadas por Emanuel Leutze do homem que seria o primeiro presidente dos Estados Unidos liderando tropas durante um momento-chave da revolução americana. Apenas duas sobrevivem.

A primeira versão foi destruída durante um ataque aéreo da Segunda Guerra Mundial na Alemanha, disse a especialista em arte norte-americana Paige Kestenman, da Christie's de Nova York.

"A segunda é o trabalho monumental que é a peça central da Ala Americana do Metropolitan Museum of Art, e a terceira é este trabalho aqui", afirmou Kestenman.

A versão no Met de Nova York mede 3,78 m x 6,48 m. A pintura à venda em 12 de maio é menor --cerca de 0,9 m por 1,83 m. Ficou pendurada por décadas na Casa Branca, principalmente na sala de recepção da Ala Oeste.

A obra retrata George Washington liderando soldados pelo rio Delaware para surpreender a infantaria escondida do outro lado na noite de Natal de 1776, disse Kestenman.

"Imigrante americano nascido na Alemanha, Leutze também era um abolicionista convicto e em 'Washington Crossing the Delaware' ele incluiu deliberadamente uma variedade de figuras que compõem o caldeirão que formou a nação americana", afirmou Kestenman.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos