Quais os times em que Pelé jogou?

Pelé em seu último jogo da carreira, onde atuou por Santos e Cosmos, cada um em um tempo (Foto: Peter Robinson/EMPICS via Getty Images)
Pelé em seu último jogo da carreira, onde atuou por Santos e Cosmos, cada um em um tempo (Foto: Peter Robinson/EMPICS via Getty Images)

A carreira profissional de Pelé foi construída apenas em dois clubes: o Santos e o New York Cosmos. Mas você sabia que antes disso, o Rei passou pelo “Baquinho”? Esse é apelido carinhoso dado ao Bauru Atlético Clube, da cidade de Bauru, onde Pelé cresceu, e o primeiro clube com departamento de futebol onde ele atuou.

ADEUS AO REI DO FUTEBOL:

Início no futebol

Nascido em Três Corações, em Minas Gerais, Pelé cedo se mudou para o interior de São Paulo. Antes de atuar pelo Baquinho, o Rei iniciou sua trajetória no Sete de Setembro, clube do bairro onde morava. O jogo acontecia em um campo perto da casa de Edson, que àquela altura ainda não era conhecido como Pelé. Do Sete de Setembro ele foi para o America, onde atuou pela primeira vez em um gramado. Foi pelo América que o Rei disputou seu primeiro campeonato: o torneio infanto-juvenil da cidade de Bauru. A equipe conquistou o Torneio Início, primeira fase da competição, mas acabou não ficando com o título. Desde aquela época, Pelé já era destaque mesmo jogando entre crianças mais velhas.

Baquinho

Aos 13 anos, Pelé chegou ao Bauru Atlético Clube, por onde foi campeão juvenil da cidade e artilheiro do torneio. Os campeões foram então disputar um amistoso na Rua Javari contra o Flamengo da Vila Mariana, que tinha sido campeão da capital. A Rua Javari é o estádio do Juventus da Mooca, um dos mais tradicionais de São Paulo, e no qual ainda jogaria muitas vezes durante sua carreira e onde marcou aquele que é considerado um dos gols mais bonitos de sua carreira.

Sem registros de imagem, o gol marcado em 1959 durante o jogo Juventus e Santos, pelo Campeonato Paulista, foi reconstruído digitalmente a partir de relatos dos presentes. Segundo consta, o ex-atacante distribuiu quatro chapéus nos marcadores, incluindo o goleiro adversário, antes de mandar de cabeça para o fundo do gol.

Mas ainda antes de ser profissional, Pelé já encantou na Rua Javari, no amistoso contra o Flamengo da Vila Mariana, marcando cinco gols em uma goleada de 12 a 1. Foi destaque no jornal de Bauru no dia seguinte. No ano seguinte novamente o ‘Baquinho’ ganhou o campeonato da cidade, porém o time foi extinto logo em seguida.

Ida para o futsal

Com o final do Bauru Atlético Clube, Pelé se juntou aos amigos e montou um time de futsal, para jogar o campeonato municipal. O nome da equipe? Radium. Era uma homenagem a um time da capital paulista, que havia jogado a primeira divisão estadual em 51 e 52. Pelo Radium mais um título: o campeonato da cidade de Bauru, novamente sendo também o artilheiro da competição, com quase 80 gols marcados.

Santos

Em 1956, a família de Pelé recebeu uma proposta do Bangu Futebol Clube, do Rio de Janeiro, mas a mãe do jogador não aceitou. Foi então que o treinador dele no Bauru sugeriu que ele fosse levado para um teste no Santos. O final da história todos conhecem. Entre 56 e 74 foram mais de mil partidas e mais de mil gols marcados pelo clube do litoral paulista. Além disso, Pelé conquistou mais de 25 títulos entre Campeonato Paulista, Brasileiro, Libertadores e Mundial de Clubes, entre outros torneios. Ao final da temporada de 74, Pelé se aposentou do clube, aos 34 anos de idade.

New York Cosmos

No ano seguinte, em 1975, o New York Cosmos fez uma oferta irresistível para tirar Pelé de sua aposentadoria, cerca de 2,8 milhões de dólares por temporada, por três temporadas. Em junho daquele ano ele foi apresentado como jogador da equipe. O Cosmos jogava a North American Soccer League e Pelé conseguiu mais um título pelo clube em 1977, seu terceiro e último ano nos Estados Unidos. A aposentadoria aconteceu de vez em 1º de outubro daquele ano, em um amistoso entre o Cosmos e o Santos, no qual jogou um tempo por cada um dos times.