Qual a chance de Rodrigo Caetano trocar o Galo pelo Vasco?

Rodrigo Caetano tem multa em seu contrato com o Galo (Pedro Souza/Atlético-MG) (Pedro Souza/Atlético-MG)

Atual campeão brasileiro e da Copa do Brasil pelo Atlético-MG, Rodrigo Caetano tem em mãos uma proposta da 777 Partners. A intenção da empresa americana é transformá-lo em diretor-executivo de futebol do Vasco a partir de julho, quando a aquisição da SAF deve estar concluída.

Mas a pergunta que não quer calar é: Caetano cogita aceitar a oferta? Sua primeira passagem por São Januário, que durou quatro anos, foi marcada por ótimos momentos, como os títulos da Série B em 2009 e da Copa do Brasil em 2011.

A aceitação dos torcedores vascaínos também é gigante. Pesquisa feita durante o fim de semana apontou que mais de 90% dos participantes gostariam do retorno do dirigente.

Porém, uma pessoa muito próxima a Caetano conversou com o Blog e garantiu que o executivo não costuma romper seus contratos por não considerar algo ético. E que, sua fase no Galo, tem o deixado extremamente feliz.

Há ainda outro ponto: a multa rescisória que existe no contrato do dirigente com o Atlético. E ela vale em caso de demissão ou saída por iniciativa de Caetano. O valor: metade do que o executivo tem a receber do Galo até o fim de seu contrato.

Ou seja, nos próximos oito meses - considerado o 13° salário -, Caetano tem cerca de R$ 1,6 milhão para ganhar - importante lembrar que as cifras sobre seu salário nunca foram confirmadas pela diretoria. Desta maneira, a multa gira na casa dos R$ 800 mil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos