Qual é o salário das profissões do futuro?

·4 min de leitura
Nos próximos anos, algumas profissões vão deixar de existir enquanto outras vão se firmar como exclusivas das novas gerações.
Nos próximos anos, algumas profissões vão deixar de existir enquanto outras vão se firmar como exclusivas das novas gerações.

O mercado de trabalho nas últimas décadas passou por inúmeras transformações com o avanço e a utilização de novas tecnologias. Nos próximos anos, algumas profissões vão deixar de existir enquanto outras vão se firmar como exclusivas das novas gerações.

O relatório The Future of Jobs (o futuro dos empregos, em tradução livre) do Fórum Econômico Mundial afirma que 65% das crianças que estão iniciando a vida escolar agora terão uma profissão completamente nova no futuro.

No contexto da atual Quarta Revolução Industrial, ou como é mais conhecida, Indústria 4.0, que conceitua a automação industrial e integra diferentes tecnologias como robótica, inteligência artificial, internet das coisas e computação em nuvem, é preciso estar preparado para as profissões do futuro que irão substituir muito dos trabalhos atuais. 

Além disso, a preocupação com questões ambientais e mudanças climáticas também irão ditar os cargos e empregos das próximas décadas.

Listamos 6 profissões do futuro para ficar atento e qual a média salarial de cada uma delas, confira a seguir:

  1. Desenvolvedor de Software

  2. Analista de Big Data

  3. Gestor de Resíduos

  4. Especialista em Segurança da Informação

  5. Gestor Ambiental

  6. Gestor de Desenvolvimento de Negócios de Inteligência Artificial

Desenvolvedor de Software

O Desenvolvedor de Software é responsável por criar e construir os sistemas, aplicativos de celular e programas de computador, ou seja, tudo que seja relacionado ao mundo digital. A demanda é alta por profissionais dessa área que sejam bem qualificados, portanto quem opta por essa carreira dificilmente ficará sem emprego. No entanto, é preciso ter em mente que essa é uma profissão que requer bastante estudo e conhecimentos técnicos. Geralmente o Desenvolvedor de Softwares pode ter a formação em graduações como a Ciência da Computação, Sistemas de Informação (Análise de Sistemas) ou Engenharia da Computação.

A média salarial é de R$ 4.680 mensais.

Analista de Big Data

Estamos em um momento da humanidade em que tudo que fazemos online é qualificado e quantificado por dados. O que fazer com esse volume enorme de informações? O Analista de Big Data é justamente a pessoa que categoriza e analisa tudo o que pode ser extraído desses dados. Essa é certamente uma das profissões do futuro mais comentadas do momento, uma vez que os dados são muito valiosos e podem servir para diversos objetivos, como entender o comportamento de consumidores e identificar tendências. Sendo assim, as empresas estão investindo cada vez mais em profissionais dessa área.

A média salarial de um Analista Big Data é de R$ 6.260 e a formação mais comum é a graduação em Estatística.

Gestor de Resíduos

O gestor de Resíduos é um profissional cada vez mais importante, isso porque a demanda de profissionais capazes de gerenciar a quantidade de resíduos produzidos por empresas de todos os portes tem aumentado ano após ano, principalmente para que essas empresas possam estar de acordo com a regulamentação ambiental vigente.

Os gestores de resíduos são responsáveis ​​por supervisionar e coordenar as atividades de eliminação, coleta de lixo e reciclagem de resíduos de maneira eficiente e ecologicamente correta. Sua formação pode ser em Engenharia Ambiental, bioquímica, geologia, entre outras graduações relacionadas.

O salário médio de um profissional pleno em uma empresa de grande porte, por exemplo, pode chegar a R$ 12 mil.

Especialista em Segurança da Informação

Muitas empresas, sobretudo bancos e instituições financeiras acumulam muitos dados sensíveis que precisam ser bem protegidos e gerenciados. O profissional responsável por essa função é o Especialista em Segurança da Informação que irá garantir a autenticidade e confidencialidade do conjunto de informações.

A formação mais comum é a graduação em Informática e nessa área é possível ganhar em média, inicialmente, cerca de R$ 8 mil e ao crescer na carreira, pode chegar até a aproximadamente R$ 12 mil.

Gestor Ambiental

A preocupação com questões relacionadas ao meio ambiente é cada vez maior com o passar dos anos. Cada vez mais é necessário estudar e procurar minimizar os impactos de desastres ambientais. Esse contexto é responsável pelo fato de o Gestor Ambiental ser uma profissão não só do futuro, como do presente também. O trabalho desse profissional tem como objetivo ajudar as empresas a usarem de forma consciente os recursos naturais, minimizar os impactos que possam ser poluentes, entre outras atividades relacionadas a preservação do meio ambiente.

A formação geralmente é na graduação de Engenharia Ambiental e a média salarial é de R$ 3 mil.

Gestor de Desenvolvimento de Negócios de Inteligência Artificial

Essa é outra área bem voltada à tecnologia. O gestor de desenvolvimento de negócios cria e insere programas eficientes para acelerar e aumentar as vendas de empresas por meio de tecnologias relacionadas à inteligência artificial, como por exemplo, chatbots. Esse profissional é responsável por planejar e criar conteúdos, encontrar possíveis riscos e problemas e é capaz de analisar dados com aplicação de técnicas de aprendizado de máquina (Machine Learning).

Essa é certamente uma das profissões que mais têm sido demandadas nos últimos anos, por setores que vão do agronegócio ao financeiro, passando também pelo e-commerce. O salário pode chegar até a R$ 18 mil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos