Qual o valor para declarar imposto de renda? Entenda a tabela

Felipe Blumen
·2 minuto de leitura
Qual o valor para declarar imposto de renda? Entenda a tabela
A tabela do Imposto de Renda funciona de maneira progressiva: quanto maior for o seu rendimento, maior será a alíquota e o desconto.

Saber se você está ou não isento da declaração anual do Imposto de Renda é muito importante para evitar ter problemas com a Receita Federal. E para isso é bom aprender a ler a tabela do IR.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A tabela do Imposto de Renda funciona de maneira progressiva: quanto maior for o seu rendimento, maior será a alíquota e o desconto. Considerando que a principal fonte de renda dos brasileiros é o salário, a Receita baseia a sua tabela nas faixas salariais.

Leia também

Valores da tabela

Uma informação muito importante sobre a tabela de IR é ela é atualizada esporadicamente, já que as alíquotas precisam corresponder à inflação e à economia do Brasil. A última atualização ocorreu em 2015.

Abaixo você vê a tabela do IR baseada rendimentos mensais que serve como consulta para o contribuinte.

Base de cálculo

Alíquota

Parcela a deduzir do IRPF

Até R$ 1.903,98

Isento

R$ 0,00

De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65

7,5%

R$ 142,80

De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05

15%

R$ 354,80

De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68

22,5%

R$ 636,13

Acima de R$ 4.664,68

27,5%

R$869,36

A seguir está a tabela do IR baseada em rendimentos anuais, que serve como base para reajustes e definição da alíquota. Esses dados são levados em consideração pela Receita e não possuem validade para o cálculo do contribuinte.

Valor

Alíquota

Parcela a deduzir do IRPF

Até R$ 22.847,76

Isento

R$ 0,00

De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80

7,5%

R$ 1.713,58

De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60

15%

R$ 4.257,57

De R$ 45.012,61 até R$55.976,16

22,5%

R$ 7.633,51

Acima de R$ 55.976,16

27,5%

R$ 10.432,32

Como fazer o cálculo do Imposto de Renda

Com as informações dessa tabela, é possível chegar ao cálculo feito pela Receita Federal e checar se o tributo está sendo cobrado corretamente. Para isso, tenha em mãos os seguintes dados:

  • Valor do seu salário bruto recebido mensalmente;

  • Valor da dedução por despesas variadas;

  • Valor da dedução por dependentes (se for o seu caso);

  • Valor do INSS multiplicado pela alíquota.

Com essas informações, aplique a seguinte fórmula: Imposto de Renda retido na fonte = [(Salário bruto – dependentes – INSS) X alíquota] – dedução

Não vamos mentir, a própria Receita sabe que é um cálculo confuso. Por isso, ela tem oferecido ajuda para simplificá-lo em seu site.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube